Segunda-feira, 14 Junho, 2021
Inicio Boletim Liturgia IV Domingo do Tempo Comum 2021 (B)

IV Domingo do Tempo Comum 2021 (B)

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Marcos

«Ensinava-os como quem tem autoridade»
(Mc 1,21-28)

Jesus chegou a Cafarnaum
e quando, no sábado seguinte, entrou na sinagoga
e começou a ensinar,
todos se maravilhavam com a sua doutrina,
porque os ensinava com autoridade
e não como os escribas.
Encontrava-se na sinagoga um homem com um espírito impuro,
que começou a gritar:
«Que tens Tu a ver connosco, Jesus Nazareno?
Vieste para nos perder?
Sei quem Tu és: o Santo de Deus».
Jesus repreendeu-o, dizendo:
«Cala-te e sai desse homem».
O espírito impuro, agitando-o violentamente,
soltou um forte grito e saiu dele.
Ficaram todos tão admirados, que perguntavam uns aos outros:
«Que vem a ser isto?
Uma nova doutrina, com tal autoridade,
que até manda nos espíritos impuros e eles obedecem-Lhe!».
E logo a fama de Jesus se divulgou por toda a parte,
em toda a região da Galileia.

Palavra da salvação

 

  • Comentário do nosso Pároco, Pe. José Diz
    Jesus é o Profeta, aquele que Moisés anunciou e os tempos esperavam. Desde os começos do seu ministério se apresenta como Libertador. “Ele é o Santo de Deus”, em oposição e guerra declarada a tudo o que é maldade e injustiça, ódio e opressão. “Cala-te e sai desse homem”. O Demónio é o inimigo do homem, o invejoso e homicida desde o princípio. Jesus vem para o perder. “Cala-te”. Para muitos o medo do Demónio convence mais do que o amor e a cruz de Jesus Cristo. Jesus recusa triunfalismos, rejeita publicidade. As obras de Jesus falarão por si, quando chegar a sua hora. Quando for exaltado na cruz, então será reconhecido como Filho de Deus. O Demónio é um vencido. É servo e não senhor. “Uma nova doutrina, com tal autoridade”. Jesus ensina mandando. A sua autoridade consiste no poder de salvar e libertar. Em Deus, dizer é fazer. Mas a autoridade de Jesus vem-Lhe do Alto. Reveste-se de poder, porque é Palavra do Pai. Em Cristo Deus se revela vida e ação.
  • Comentário do Papa Francisco

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

MAIS RECENTES

XI Domingo do Tempo Comum

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Marcos A menor de todas as sementes torna-se a maior de todas as plantas da horta (Mc 4,26-34) Naquele...

Deus salva sempre

«Nos momentos de escuridão e de dificuldade não devemos desanimar, mas permanecer ancorados na fidelidade de Deus, na sua presença que salva sempre. Recordai-vos...

X Domingo do Tempo Comum

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Marcos Satanás está perdido (Mc 3,20-35) Naquele tempo, Jesus chegou a casa com os seus discípulos. E de novo acorreu tanta...

Filhos de Deus, irmãos por Jesus

«Todos aqueles que acolherem a palavra de Jesus são filhos de Deus e irmãos entre si» O Evangelho deste domingo (cf. Mc 3,20-35) mostra-nos dois tipos...

ARQUIVO

ARQUIVO (ÚLTIMOS NÚMEROS)