Domingo, 5 Dezembro, 2021
Inicio Boletim Liturgia IX Domingo do Tempo Comum, Solenidade da SS. Trindade

IX Domingo do Tempo Comum, Solenidade da SS. Trindade

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus

Baptizando-as em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo
(Mt 28,16-20)

Naquele tempo,
os Onze discípulos partiram para a Galileia,
em direcção ao monte que Jesus lhes indicara.
Quando O viram, adoraram-n’O;
mas alguns ainda duvidaram.
Jesus aproximou-Se e disse-lhes:
«Todo o poder Me foi dado no Céu e na terra.
Ide e ensinai todas as nações,
baptizando-as em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo,
ensinando-as a cumprir tudo o que vos mandei.
Eu estou sempre convosco até ao fim dos tempos.»

Palavra da salvação

 

  • Comentário do nosso Pároco, Pe. José Diz
    Toda a essência divina se esconde no mistério de um igual a três: uma só natureza e três Pessoas distintas. Deus não é solidão, mas uma Família onde todos se amam com amor eterno. O Deus inacessível e desconcertante revelou-se em Jesus Cristo. O mistério é a linguagem de Deus. A lógica é a gramática dos homens. “Em nome do Pai”. Deus chama-se Pai. Diante do Pai dobramos os joelhos, porque dele toma o nome toda a família no céu e na terra. Escolheu-nos para sermos seus filhos adotivos, por Jesus Cristo, segundo a sua vontade. “Em nome do Filho” Deus chama-se Filho. Por Ele tudo foi dito e tudo foi feito. O Filho de Deus nasceu entre os homens e chama-se Jesus Cristo. “Em nome do Espírito Santo”. Deus chama-se Espírito Santo. O Espírito Santo é o fogo em que Deus arde, o laço de união entre o Pai e o Filho. A sua grande missão foi a Encarnação do Verbo. Desceu sobre Maria e repousou em Jesus. Jesus revela-nos o mistério da Trindade num contexto de missão. Os Apóstolos, a Igreja e todo o cristão vão dizer ao mundo que Deus é Pai, é Vida e é Amor. Vivendo no Amor, seremos um, como Deus é um.
  • Comentário do Papa Francisco

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

MAIS RECENTES

XVIII Domingo do Tempo Comum

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João Quem vem a Mim nunca mais terá fome, quem acredita em Mim nunca mais terá sede (Jo 6,24-35) Naquele...

Saciar a fome de infinito

«Para Jesus não é suficiente que as pessoas o procurem, Ele quer que elas o conheçam» Nestes últimos domingos, a liturgia mostrou-nos a imagem cheia...

XVII Domingo do Tempo Comum

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João Distribuiu-os e comeram quanto quiseram (Jo 6,1-15) Naquele tempo, Jesus partiu para o outro lado do mar da Galileia, ou...

Para que nada se perca!

«O Evangelho convida-nos a permanecer disponíveis e laboriosos, como aquele jovem que se dá conta de que tem cinco pães, e diz: “Ofereço isto,...

ARQUIVO

ARQUIVO (ÚLTIMOS NÚMEROS)