Sexta-feira, 24 Setembro, 2021
Inicio Artigos Da Barra De mim para ti

De mim para ti

Maria, ouve esta tua filha em agonia
que precisa do teu colo de mãe

A solidão é companheira,
mas nos teus olhos encontro o amor
que me aquece a alma outrora despida

Mãe, olha por mim!
Há dias difíceis,
e sem ti estaria em constante recaida

Há dias em que vejo o mundo desabar
e perco as forças ao fazer a escalada da vida.
Fraca demais para continuar, procuro consolo
nas orações que devoto a ti

E como num estalar de dedos,
silencias a minha inquietação
e eu volto a mim

Obrigado
por seres a bússola que me orienta e a estrela que me guia!
O meu coração é teu, Virgem Maria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

MAIS RECENTES

XVIII Domingo do Tempo Comum

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João Quem vem a Mim nunca mais terá fome, quem acredita em Mim nunca mais terá sede (Jo 6,24-35) Naquele...

Saciar a fome de infinito

«Para Jesus não é suficiente que as pessoas o procurem, Ele quer que elas o conheçam» Nestes últimos domingos, a liturgia mostrou-nos a imagem cheia...

XVII Domingo do Tempo Comum

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João Distribuiu-os e comeram quanto quiseram (Jo 6,1-15) Naquele tempo, Jesus partiu para o outro lado do mar da Galileia, ou...

Para que nada se perca!

«O Evangelho convida-nos a permanecer disponíveis e laboriosos, como aquele jovem que se dá conta de que tem cinco pães, e diz: “Ofereço isto,...

ARQUIVO

ARQUIVO (ÚLTIMOS NÚMEROS)